Nada Acontece

O Cotidiano Hiper-realista de Chantal Akerman

  • de Ivone Margulies
  • trad. Roberta Veiga e Marco Aurélio Sousa Alves
Sinopse

Chantal Akerman criou uma obra livre e rigorosa, com filmes que alternam contenção, ordem e simetria, de um lado, com obsessão e rompantes, de outro. Neste livro, Ivone Margulies apresenta o primeiro estudo sobre a cineasta belga, procurando investigar o que acontece quando nada acontece nos seus filmes, bem como oferecer uma breve genealogia da associação entre a duração prolongada e a temática do cotidiano no cinema europeu pós-guerra. Investiga o interesse no cotidiano, que se estende do cinema neorrealista do pós-guerra até a reescrita feminista da história da mulher nos anos 1970. A análise da autora revisa a desgastada oposição entre realismo e modernismo no cinema, define a estética do hiper-realismo minimalista em contraste com o anti-ilusionismo de Godard e revela como são inadequadas as caracterizações populares dos filmes de Akerman como simplesmente modernistas ou feministas.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 70,00
ISBN 10: 8531415853
ISBN 13: 9788531415852
1ª edição, impressão de 2016

352 páginas
17 x 25 cm
Brochura

Eventos

25/08
de 2021

Webinar e lançamento do livro “Livros, Leituras e Bibliotecas”

Acontece em 25/8/2021, quarta-feira, o webinar e lançamento virtual de "Livros, Leituras e Bibliotecas: História da Arquitetura e da Construção Luso-Brasileira", de Ricardo Rocha.

Mais Eventos

Mais

Borba Gato e a emergência do passado no presente

Protestar no monumento que exalta o movimento bandeirante colocou a história no centro do debate e permite questionar o quanto de passado ainda há no presente.

Digitais passam a representar 6% do faturamento das editoras brasileiras

Em relação a 2019, o faturamento das editoras com a venda de conteúdos editoriais cresceu 36% em 2020, fechando o ano em R$ 147 milhões

Legado de resistência em Cecília Meireles e o equívoco de Laurence Hallewell

Cecília Meireles teve de ir à delegacia, debaixo de humilhações, para prestar esclarecimentos. Mas não foi “presa” pela tradução de um livro de Mark Twain

Palestra de lançamento de “Uma História da Hungria” está disponível no YouTube

Evento contou com a participação do autor e tradução simultânea

Milton Santos, morto há 20 anos, nos convida a construir uma outra globalização

Geógrafo apontou caminhos para um projeto humanitário que se contraponha ao poder totalitário do dinheiro
Mais