Nada Acontece

O Cotidiano Hiper-realista de Chantal Akerman

  • de Ivone Margulies
  • trad. Roberta Veiga e Marco Aurélio Sousa Alves
Sinopse

Chantal Akerman criou uma obra livre e rigorosa, com filmes que alternam contenção, ordem e simetria, de um lado, com obsessão e rompantes, de outro. Neste livro, Ivone Margulies apresenta o primeiro estudo sobre a cineasta belga, procurando investigar o que acontece quando nada acontece nos seus filmes, bem como oferecer uma breve genealogia da associação entre a duração prolongada e a temática do cotidiano no cinema europeu pós-guerra. Investiga o interesse no cotidiano, que se estende do cinema neorrealista do pós-guerra até a reescrita feminista da história da mulher nos anos 1970. A análise da autora revisa a desgastada oposição entre realismo e modernismo no cinema, define a estética do hiper-realismo minimalista em contraste com o anti-ilusionismo de Godard e revela como são inadequadas as caracterizações populares dos filmes de Akerman como simplesmente modernistas ou feministas.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 70,00
ISBN 10: 8531415853
ISBN 13: 9788531415852
1ª edição, impressão de 2016

352 páginas
17 x 25 cm
Brochura

Eventos

14/05
de 2024

Edusp e BBM USP convidam para o lançamento de As Minas de Ouro do Brasil

As Minas de Ouro do Brasil, de José Basílio da Gama, manuscrito que permanecia inédito, será lançado na Sala Villa-Lobos da BBM USP em debate com a participação de Junia Ferreira Furtado, ...

Mais Eventos

Mais

Perturbadora e lisérgica, a multifacetada Clarice Lispector pede por uma biografia plural

A complexa tarefa de criar trabalhos biográficos sobre uma mulher que negava a “grafia” e desejava ser puramente “bio”

O diálogo a partir do antagonismo na relação entre Mário de Andrade e Murilo Rubião

Como a correspondência entre escritores tão diferentes contribuiu para o desenvolvimento intelectual de ambos

A importância do Brasil para o desenvolvimento das ciências sociais francesas

As ciências sociais de Brasil e França estão entrelaçadas e revelam uma história rica em trocas nem sempre igualitárias

A complexa relação entre texto e imagem nas ilustrações de Poty Lazzarotto

Símbolo da cultura curitibana, a jornada de Poty pelas artes visuais revela a riqueza contida no seu trabalho de ilustrador

Amizade entre Mário e Oswald de Andrade é explorada em novo volume da Coleção Correspondência

Correspondência Mário de Andrade & Oswald de Andrade mostra a importância da escrita epistolar não só para o modernismo como também para a preservação de nossa história
Mais