O Brasil no Olhar de William James

Cartas, Diários e Desenhos, 1865-1866

  • de William James
  • org. Maria Helena P. T. Machado
Sinopse

Entre os anos de 1865 e 1866, o filósofo William James, então um jovem estudante de medicina, viajou pelo Brasil como membro da Expedição Thayer, organizada por Louis Agassiz. Durante sua estadia de oito meses no país, ele escreveu um diário pessoal e uma narrativa incompleta chamada Um Mês no Solimões , na qual descreve sua expedição de coleta, além de várias cartas endereçadas à sua família na Nova Inglaterra. Esses documentos preciosos são apresentados neste livro, sendo esta a primeira vez que seu diário é integralmente editado. Os textos são acompanhados de um pequeno vocabulário tupi-nhengatu-português-inglês, e de um índice de nomes, pessoas e lugares. A narrativa muito pessoal e independente de James contrasta com aquela publicada pelo casal Agassiz acerca da Expedição Thayer, revelando um viajante sensível e empático, capaz de mergulhar no mundo desconhecido da natureza e da sociedade brasileira.

ver sumário

Ficha técnica

R$ 60,00
ISBN 10: 8531412684
ISBN 13: 9788531412684
1ª edição, impressão de 2010

184 páginas
19 x 24 cm
Brochura

Eventos

09/03
de 2024

Lançamento do livro “Correspondência Mário de Andrade & Oswald de Andrade”

Participe do lançamento do livro "Correspondência Mário de Andrade & Oswald de Andrade"

Mais Eventos

Mais

A complexa relação entre texto e imagem nas ilustrações de Poty Lazzarotto

Símbolo da cultura curitibana, a jornada de Poty pelas artes visuais revela a riqueza contida no seu trabalho de ilustrador

Amizade entre Mário e Oswald de Andrade é explorada em novo volume da Coleção Correspondência

Correspondência Mário de Andrade & Oswald de Andrade mostra a importância da escrita epistolar não só para o modernismo como também para a preservação de nossa história

Do jornalismo ao ativismo político, antologia revela as múltiplas faces da obra de Patrícia Galvão, a Pagu

“Palavras em Rebeldia” mostra a importância de Pagu, que passou de escritora pouco conhecida a homenageada da FLIP, na história do modernismo e nos dias de hoje

Livro aponta a influência das óperas europeias na construção do romance brasileiro e na sociedade pós-colonial

“Ópera Flutuante: Teatro Lírico, Literatura e Sociedade no Rio de Janeiro do Segundo Reinado” retrata a presença do drama musicado na capital do Brasil no século XIX

Antropólogo usa história da arte para compreender origens e poderes de artefatos indígenas

Em “Ardis da Arte: Imagem, Agência e Ritual na Amazônia”, Carlos Fausto traça comparativo etnográfico entre regimes imagéticos e culturas de povos originários das ...
Mais