Carnaval em Branco e Negro

Carnaval Popular Paulistano, 1914-1988

  • de Olga R. de Moraes von Simson
Sinopse

Resultado de um estudo denso e detalhado, este livro apresenta um panorama do Carnaval na cidade de São Paulo entre 1914 e 1988, apontando questões importantes desde seu surgimento até os dias de hoje. Por meio de fotos e depoimentos, a autora recupera lembranças da folia nos bairros paulistanos, que girava em torno da unidade familiar e dos grupos de vizinhança, e aborda a questão da segregação racial, que separava a comemoração em dois tipos: o carnaval dos brancos, de tipo veneziano, considerado legítimo; e o carnaval dos negros, de formas populares. Somente na década de 1930, com o processo de ressignificação da cultura popular liderado pelo governo, esse carnaval dos negros deixa de ser reprimido, modificando-se progressivamente até dar origem às atuais escolas de samba. É uma interessante reflexão sobre o carnaval brasileiro e a construção dos símbolos de brasilidade ao longo da história.

Ficha técnica

R$ 90,00
ISBN 10: 8531409373
ISBN 13: 9788531409370
1ª edição, impressão de 2007

396 páginas
20,5 x 20,5 cm
Capa dura
Coedição: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e Editora da Unicamp

Eventos

01 a
10/07
de 2020

[Prorrogada] 1ª Feira Virtual das Editoras Universitárias

A Edusp participa do evento oferecendo títulos com 50% de desconto

Mais Eventos

Mais

Lançamento de “Desenvolvimento e Cooperação na América Latina”

Coordenado por Enrique García, o sétimo volume da coleção Cátedra José Bonifácio é lançado no Portal de Livros Abertos

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais