Carnaval em Branco e Negro

Carnaval Popular Paulistano, 1914-1988

  • de Olga R. de Moraes von Simson
Sinopse

Resultado de um estudo denso e detalhado, este livro apresenta um panorama do Carnaval na cidade de São Paulo entre 1914 e 1988, apontando questões importantes desde seu surgimento até os dias de hoje. Por meio de fotos e depoimentos, a autora recupera lembranças da folia nos bairros paulistanos, que girava em torno da unidade familiar e dos grupos de vizinhança, e aborda a questão da segregação racial, que separava a comemoração em dois tipos: o carnaval dos brancos, de tipo veneziano, considerado legítimo; e o carnaval dos negros, de formas populares. Somente na década de 1930, com o processo de ressignificação da cultura popular liderado pelo governo, esse carnaval dos negros deixa de ser reprimido, modificando-se progressivamente até dar origem às atuais escolas de samba. É uma interessante reflexão sobre o carnaval brasileiro e a construção dos símbolos de brasilidade ao longo da história.

Ficha técnica

R$ 90,00
ISBN 10: 8531409373
ISBN 13: 9788531409370
1ª edição, impressão de 2007

396 páginas
20,5 x 20,5 cm
Capa dura
Coedição: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e Editora da Unicamp

Eventos

20/03
de 2020

[Cancelado] Lançamento de “Gênero e Feminismos”

O lançamento de "Gênero e Feminismos", que aconteceria sexta-feira, 20/3/2020, está temporariamente cancelado. Assim que possível, uma nova data será anunciada.

Mais Eventos

Mais

Preservar as escassas florestas das cidades é o desafio

No livro “Natureza em Megacidades”, Jörg Spangenberg defende a vegetação integrada à paisagem de concreto

Livro mostra as transformações políticas em São Paulo

Professor de Nova Jersey analisa história pouco explorada do estado de São Paulo

Um arquiteto que sonhou a cidade para os cidadãos

Livro traz textos de arquiteto que põe em xeque o desenvolvimentismo na arquitetura

O dicionário do iluminista que estudou o inferno no século 19

Livro registra o vernáculo ocultista de dois séculos atrás

O naturalista pioneiro que saiu na defesa das florestas

A história de Frei Veloso, missionário, tipógrafo e cientista, é contada em novo livro da Edusp
Mais