Dialogo entre Filhos de Xangô: Correspondência 1947-1974

Código : 1295

De R$ 132,00 Por R$ 105,60 Adicionar ao Carrinho
“Foi Roger Bastide que me revelou a África no Brasil, ou mais exatamente, a influência da África na região Nordeste”. A frase mostra o início da relação entre Verger e Bastide, cuja correspondência de quase trinta anos, entre 1947 e 1974, é aqui reproduzida e analisada por Françoise Morin, pesquisadora da Fundação Roger Bastide. As centenas de cartas trocadas entre esses dois especialistas das religiões afro-americanas traçam a história de sua amizade e de sua colaboração de múltiplas facetas; dela, o essencial foi conservado, transcrito, anotado e agora publicado neste livro. A colaboração entre eles durou muitos anos e incluiu a escrita conjunta de sete textos ilustrados com fotos para O Cruzeiro e para revistas científicas. Sem dúvida, contribuíram para valorizar culturas negras com frequência desprezadas, e a publicação de sua correspondência mostra a implicação deles como homens que compartilham suas dúvidas, seus entusiasmos e suas convicções.

ISBN:

9788531416194

Ano de Publicação:

2017

Edição:

1

Formato:

15,5x25,5 cm.

Nº Paginas:

720 pp.

Peso:

1.150 g.