Busca
   Início  |  Edusp  |  Edusp – English  |  Edusp – Español  |  Livrarias  |  Catálogo  |  Eventos  |  Compras 
 
  Menu

  Como publicar
  Convites
  Caderno de leitura
  Prêmios
  Lançamentos
  Livros abertos
  Editais
  Doações
  RH/Concurso
  Mapa do site
  Fale conosco

 
A GUERRA DOS BÁRBAROS:
Povos Indígenas e a Colonização do Sertão Nordeste do Brasil, 1650-1720


de Pedro Puntoni

ISBN 10: 85-314-0684-6
ISBN 13: 978-85-314-0684-3
Formato: 14x21 cm
Nº de Páginas: 328 pp.
Peso: 445 g
Coeditora(s): Hucitec



Indisponível 
Veja Também:
POSSESSÕES MARAVILHOSAS
HISTÓRIA DO NOVO MUNDO
FESTA

A expansão da fronteira colonial na América portuguesa no século XVII criou zonas de conflito com as populações autóctones. No norte do Estado do Brasil a zona da pecuária no sertão tornou-se ponto de convergência dos conflitos resultantes da expansão colonial, especialmente entre os colonos luso-portugueses e os povos indígenas. A Guerra do Bárbaros, como ficou conhecida a série de conflitos que ocorreu entre 1651 e 1704, é minuciosamente analisada por Pedro Puntoni nesse estudo de fôlego, acompanhado de mapas e ilustrações. O autor refuta as interpretações que vêem nessa Guerra uma espécie de confederação unificada, mostrando seu caráter fragmentário, e destacando os papéis dos diferentes agentes em jogo: soldados, missionários, agentes da Coroa Portuguesa e índios de nações diversas. Mostra também os conflitos entre estes últimos, denominados de Bárbaros pelos colonizadores na época, e as disputas que mantinham entre si.

Copyright © 2004 - 2017 EDUSP - Editora da Universidade de São Paulo - Créditos