Busca
   Início  |  Edusp  |  Edusp – English  |  Edusp – Español  |  Livrarias  |  Catálogo  |  Eventos  |  Compras 
 
  Menu

  Como publicar
  Convites
  Caderno de leitura
  Prêmios
  Lançamentos
  Livros abertos
  Editais
  Doações
  RH/Concurso
  Mapa do site
  Fale conosco

 
O ESTADO-NAÇÃO E A VIOLÊNCIA:
Segundo Volume de uma Crítica Contemporânea ao Materialismo Histórico


de GIDDENS,Anthony
trad. Guimarães, Beatriz

Coleção Clássicos
ISBN 10: 85-314-0613-7
ISBN 13: 978-85-314-0613-3
Formato: 18x25.5 cm
Nº de Páginas: 384 pp.
Peso: 720 g


Clique para ver o sumário.    



Indisponível 
Veja Também:
A LÓGICA DA AÇÃO COLETIVA
RENASCIMENTO DO PROFISSIONALISMO
O DECLÍNIO DOS MANDARINS ALEMÃES

A tentativa de explorar os limites de uma análise pós-marxista da sociedade e da política contemporâneas é o objetivo de Anthony Giddens, um dos sociólogos mais conhecidos da atualidade e um dos defensores da proposta da Terceira Via como alternativa política. Neste livro, o autor apresenta sua visão sobre a modernidade, analisando a formação do Estado moderno, sua ligação com o industrialismo e as relações do modo capitalista de produção com o Estado-nação. Para Giddens, esses aspectos apenas se fizeram viáveis na medida em que mecanismos de “vigilância” e a “pacificação” interna das sociedades se estabeleceram, entendendo a vigilância como um elemento crucial para a ligação entre Estado moderno e economia capitalista. Nesse contexto, são analisados também o futuro dos movimentos sociais, o papel da guerra e o estatuto da cidadania.

Copyright © 2004-2018 Edusp - Editora da Universidade de São Paulo - Créditos