Busca
   Início  |  Edusp  |  Edusp – English  |  Edusp – Español  |  Livrarias  |  Catálogo  |  Eventos  |  Compras 
 
  Menu

  Como publicar
  Convites
  Caderno de leitura
  Prêmios
  Lançamentos
  Livros abertos
  Editais
  Doações
  RH/Concurso
  Mapa do site
  Fale conosco

 
A FONTE SUBTERRÂNEA:
José de Alencar e a Retórica Oitocentista


de Eduardo Vieira Martins

ISBN 10: 85-314-0912-8
ISBN 13: 978-85-314-0912-7
Formato: 16x23 cm
Nº de Páginas: 284 pp.
Peso: 435 g
Coeditora(s): EDUEL


Clique para ver o sumário.    



R$ 50,00   Comprar
Eduardo Vieira Martins é doutor pelo Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP e professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP.

Veja Também:
MECENATO POMBALINO E POESIA NEOCLÁSSICA
LITERATURA E HISTÓRIA NA AMÉRICA LATINA
LITERATURA BRASILEIRA
O BELO E O DISFORME

A tradição retórica teve um papel importante no sistema de ensino do século XIX, e com o objetivo de demonstrar sua permanência no pensamento de escritores da geração romântica, Eduardo Martins procura confrontá-la com as teorias deste movimento, especialmente em José de Alencar. Com a recuperação do discurso retórico em circulação naquele século, o autor mostra-nos o solo cultural do pensamento crítico desse escritor, o qual é estudado, principalmente, a partir de suas intervenções em polêmicas literárias. Para mostrar a existência da articulação conceitual entre essas duas vertentes, Martins percorre os principais manuais oitocentistas, oferecendo subsídios para a releitura de textos críticos do escritor, demonstrando a importância da retórica como um dos alicerces da formação intelectual da geração romântica e, em especial, na formação de José de Alencar.

Copyright © 2004 - 2017 EDUSP - Editora da Universidade de São Paulo - Créditos