Busca
   Início  |  Edusp  |  Edusp – English  |  Edusp – Español  |  Livrarias  |  Catálogo  |  Eventos  |  Compras 
 
  Menu

  Como publicar
  Convites
  Caderno de leitura
  Prêmios
  Lançamentos
  Livros abertos
  Editais
  Doações
  RH/Concurso
  Mapa do site
  Fale conosco

 
FIGURAÇÕES - BRASIL ANOS 60

de Daisy Valle Machado Peccinini de Alvarado

Prêmio Sérgio Milliet 1999 - ABCA
Prêmio Artes Visuais 1999 - APCA
ISBN 10: 85-314-0512-2
ISBN 13: 978-85-314-0512-9
Formato: 20x24 cm
Nº de Páginas: 180 pp.



Indisponível 
Daisy Peccinini é vice-presidente do Comitê Brasileiro de História da Arte e integrante da diretoria da Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA). Curadora e professora-pesquisadora do Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, recebeu, em 1997, o Prêmio Gonzaga Duque. Pioneira na pesquisa das obras de Lygia Clark e Hélio Oiticica, Daisy lecionou História da Arte na USP, na Universidad de Chile, na Unicamp e na FAAP.

Veja Também:
FLÁVIO IMPÉRIO
A INVENÇÃO DE HÉLIO OITICICA
FORMA E PERCEPÇÃO ESTÉTICA

Síntese histórico-crítica de um período riquíssimo e ainda pouco estudado da arte brasileira, colocando em foco as vanguardas de inícios dos anos 60 até o ano-chave de 1968, marcadas pelos problemas político-sociais da década, inclusive a repressão e a censura do regime militar. A tentativa de efetivar o encontro da experimentação moderna com a ênfase na participação social que mobilizou os artistas do período é estudada através da análise das obras, manifestos, relações entre grupos e principais eventos: a pintura de Aguilar e Antônio Dias; os Popcretos, de Waldemar Cordeiro e Augusto de Campos; os grupos Rex e Nova Objetividade; as mostras Nova Figuração, Opinião 65 e 66 ou os neo-realistas cariocas, entre muitos outros artistas, tendências e exposições.

Copyright © 2004 - 2017 EDUSP - Editora da Universidade de São Paulo - Créditos