Busca
   Início  |  Edusp  |  Edusp – English  |  Edusp – Español  |  Livrarias  |  Catálogo  |  Eventos  |  Compras 
 
  Menu

  Como publicar
  Convites
  Caderno de leitura
  Prêmios
  Lançamentos
  Editais
  Doações
  RH/Concurso
  Mapa do site
  Fale conosco

 
50 ANOS DE FEMINISMO:
Brasil, Argentina e Chile


org. BLAY, Eva Alterman; AVELAR, Lúcia

ISBN 10: 85-314-1640-X
ISBN 13: 978-85-314-1640-8
Formato: 16 X 23 cm
Nº de Páginas: 352 pp.
Peso: 566 g


Clique para ver o sumário.    



R$ 46,00   Comprar
Veja Também:
MODERNIZANDO A DESIGUALDADE
CONQUISTAS E RESISTÊNCIAS DO PODER (1964-1984)
MULHERES NO TRABALHO BANCÁRIO

Nos últimos cinquenta anos, o movimento feminista na América Latina conduziu a uma mudança cultural visível no trabalho, na educação, na estrutura familiar, na política e no uso dos meios de comunicação. Em particular, os movimentos de mulheres brasileiras, argentinas e chilenas, historicamente articuladas em múltiplas formas de associativismo, hoje são capazes de influenciar a implementação de políticas de promoção de direitos civis e sociais. Brasil, Argentina e Chile atravessaram etapas sociopolíticas paralelas – ora de avanço, ora de recuo – e iniciaram o século XXI com a eleição de mulheres para a presidência da República. Esta coletânea é resultado das primeiras reflexões de uma pesquisa iniciada em 2012, que tem a participação de acadêmicas, estudantes de graduação e pós-graduação, militantes feministas e promotores de políticas públicas voltadas às mulheres, com o objetivo de comparar os processos de transformação da condição de gênero nesses três países.

Copyright © 2004 - 2017 EDUSP - Editora da Universidade de São Paulo - Créditos